Prefeitura de Vitória

Voltar
MenuMenu

Saúde Mental

Saiba mais sobre a assistência prestada pela Prefeitura às pessoas que precisam de acompanhamento e cuidados de saúde mental.

Programa de Saúde Mental atua para prevenir e tratar transtornos

Samira Gasparini

Atendimento no CAPS Oficina Arte

O Programa de Saúde Mental da Prefeitura de Vitória oferece cuidado integral aos moradores da capital que apresentem sofrimento psíquico.

A proposta é de reduzir esse sofrimento ao máximo e ampliar a inserção social, a autonomia e o protagonismo dos indivíduos, potencializando sua capacidade para lidar com a vida e os problemas.

Para tanto, existe uma Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) formada por ações e serviços específicos para pacientes de diferentes faixas etárias. A prioridade é daqueles que sofrem transtornos mentais e também dos usuários de álcool e outras drogas.

Pacientes e familiares

 As ações de saúde mental são desenvolvidas inicialmente pelas equipes das 29 unidades básicas de saúde de Vitória, que procuram conhecer o indivíduo que necessita de atenção, assim como sua família e o contexto geral de cada situação. As informações ajudam a desenvolver estratégias de atenção e tratamento que contribuam para a redução do sofrimento e a melhor inserção social e familiar.

As equipes analisam a necessidade de agendamento de consultas em psiquiatria no Centro Municipal de Especialidades de Vitória (CME). Situações mais complexas são encaminhadas aos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), que oferecem serviços nos quais os usuários têm seu tratamento planejado de acordo com sua necessidade.

O atendimento, individual ou em grupo, é feito por equipes multidisciplinares, com pediatras, psiquiatras, psicólogos, assistentes sociais, terapeuta ocupacional, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, musicoterapeuta, arteterapeutas e técnicos esportivos. A equipe trabalha unida a um grupo de profissionais oferecendo atividades para aqueles que realizam seu acompanhamento no espaço

O Caps adulto realiza o acolhimento, tratamento e reinserção social de moradores de Vitória com transtornos mentais severos e persistentes, assim como aqueles com risco ou tentativa de suicídio. O Caps oferece, além do tratamento de atenção diária, o acolhimento noturno. O usuário pode passar o dia no serviço, em diversas atividades terapêuticas, e retorna para sua casa à noite.

Quando necessário, o atendimento aos pacientes que já são acompanhados pelo serviço, e possuem indicação pela equipe psicossocial, podem permanecer por 24 horas no serviço por um período transitório.

Como acessar

Para ter acesso aos serviços do Caps, o paciente ou seu familiar, pode procurar, preferencialmente, a unidade de saúde que atende ao seu bairro, pois elas possuem profissionais qualificados para a avaliação e tratamento e, caso necessário, encaminhamento do paciente para um tratamento especializado no Caps.

Emergência

Em caso de crises e emergências, o local mais adequado para atendimento é o pronto-socorro psiquiátrico, que dispõem de recursos para o atendimento em situações mais complexas.

Histórico

Criado em dezembro de 1996, o Caps é um serviço do Sistema Único de Saúde (SUS), no qual se insere como centro de referência à saúde mental para oferecer um atendimento digno e humanizado aos portadores de sofrimento psíquico e de seus familiares. A proposta é evitar a exclusão social, garantindo um tratamento que permita a reinclusão e reinserção dos usuários ao lar, à comunidade e à sociedade.

A rede de saúde de Vitória conta ainda com quatro equipes de Consultório na Rua, que realizam atendimento à população em situação de rua.

A Rede Municipal de Atenção Psicossocial conta com:

Unidades Básicas de Saúde

Realizam atendimento e acompanhamento do indivíduo com transtorno mental e/ou que realiza uso de álcool ou outras drogas, de leve ou moderada complexidade.

Centro de Atenção Psicossocial (Caps)

Atende pessoas com transtorno mental grave com idade a partir dos 18 anos. Os pacientes devem ser encaminhados por uma das 29 Unidades Básicas de Saúde da cidade ou diretamente no serviço, das 7 às 19 horas, de segunda a sexta-feira. O Caps também tem acolhimento noturno para os casos em que houver indicação e avaliação da equipe psicossocial local.

Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil (CapsI)

Atende crianças e adolescentes com transtorno mental entre 0 e 18 anos. Os pacientes devem ser encaminhados por uma das 29 Unidades Básicas de Saúde da cidade ou diretamente no serviço, de segunda à sexta-feira, das 7 às 19 horas.

Centro de Atenção Psicossocial  em Ácool e Outras Drogas (CapsAD)

Atende adultos, a partir dos 18 anos de idade, com problemas relacionados ao uso de álcool e outras drogas. Os pacientes devem ser encaminhados por uma das 29 Unidades Básicas de Saúde da cidade ou diretamente no serviço, de segunda à sexta-feira, das 7 às 20 horas. O CapsAD também tem acolhimento noturno para os casos em que houver indicação e avaliação da equipe psicossocial local para os usuários com necessidades relacionadas ao consumo de álcool ou outras drogas.

Centro de Atenção Psicossocial em Álcool e Outras Drogas (CapsADI)

Atende crianças e adolescentes, a partir dos 18 anos de idade, com problemas relavionados ao uso de álcool e outras drogas. Os pacientes devem ser encaminhados por uma das 29 Unidades Básicas de Saúde da cidade ou diretamente no serviço, de segunda à sexta-feira, das 7 às 19 horas.

Para todas as situações, o município oferece os medicamentos básicos necessários e a atenção é dispendida ao usuário e a sua família. Assim, ao precisar de atenção em saúde mental, busque a unidade de saúde mais próxima a sua casa ou entre em contato com um dos Centros de Atenção Psicossocial descritos acima.

Última atualização em 24/11/2014

Voltar para o topo

CapsI é Centro de Atenção Psicossocial infanto-juvenil

Samira Gasparini

Centro de Atendimento Psicológico Social Infantil

O Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil (CapsI) realiza o acolhimento, tratamento e reinserção social de crianças e adolescentes, moradores de Vitória, com idade entre 0 e 18 anos, que tenham transtornos mentais graves e persistentes.

Serviços

A assistência às crianças e adolescentes é realizada por uma equipe multidisciplinar, formada por profissionais especializados em diversas áreas da saúde e que prestam atendimento integrado.

São oferecidas diferentes modalidades de tratamento, dependendo das necessidades de cada uma delas. O Centro funciona de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas, sendo que não se trata de uma unidade de internação já que após as atividades, as crianças e adolescentes retornam para casa.

Equipe

A equipe do CapsI é formada por médicos pediatras e psiquiatras, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, arteterapeuta, musicoterapeuta, técnico esportivo, técnicos e auxiliares de enfermagem e assistente administrativo.

Como acessar

O acesso aos serviços do CapsI é realizado, preferencialmente, por meio de encaminhamento das unidades de saúde de todas as regiões de Vitória. Por isso, antes de procurar o Centro, a criança ou adolescente pode ser avaliado por profissionais da unidade de saúde que atende ao seu bairro de moradia, mas também pode ser procurado diretamente.

Escolas, Conselhos Tutelares e quaisquer outras instituições que trabalham com crianças e adolescentes podem solicitar a avaliação de casos. Os encaminhamentos da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), com referência diagnóstica e orientações de tratamento realizadas por uma equipe especializada, serão acolhidos diretamente pelo CapsI.

Emergência

Em caso de crises e emergências, o local mais adequado para atendimento é o pronto-socorro infantil, que dispõem de recursos para o atendimento em situações mais complexas.

Histórico

O CapsI é uma unidade da rede de atenção em saúde mental da Secretaria de Saúde de Vitória. Foi inaugurado em setembro de 2007, sendo a primeira instituição pública do município e do estado destinada exclusivamente a crianças e adolescentes no tratamento e assistência integral em saúde mental.

Última atualização em 24/11/2014

Voltar para o topo

CapsADI atua no cuidado de crianças e jovens usuários de drogas

Marcos Salles

Sala de Terapia do CAPS de Bento Ferreira

O Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas Infanto-juvenil (CapsADI) realiza o acolhimento, prevenção, tratamento e a reinserção social das crianças e adolescentes que fazem uso abusivo de álcool e outras drogas, com idade de até 18 anos de idade.

Serviços

O CapsADI oferece atenção diária para os usuário menores de  18 anos, organizado com outros serviços do município e com a comunidade em geral. Para cada um é definido um projeto de tratamento pela equipe multiprofissional do serviço, que também oferece acompanhamento familiar.

Equipe

A equipe interdisciplinar é formada por pediatra, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, psicólogos, musicoterapeuta, arteterapeuta, assistentes sociais, técnicos esportivos e assistentes administrativos, trabalhando de maneira integrada.

Cada caso que chega ao Centro é discutido e investigado na sua singularidade para que se encontre a atenção mais adequada. A equipe procura conhecer a história de cada um para intervir de maneira completa e integral.

Como acessar

Para acessar o serviço, o indivíduo ou seu familiar deve, preferencialmente, procurar a Unidade de Saúde do seu bairro, que conhece, avalia e indica a necessidade de atendimento no CapsADI.

O serviço também pode ser procurado diretamente pelo adolescente ou seu responsável legal, quando será realizado o acolhimento e avaliação das necessidades de atendimento, para ele e sua família.

Emergência

Em caso de crises e emergências, o local mais adequado para atendimento é o pronto-socorro infantil, que dispõem de recursos para o atendimento em situações mais complexas.

Última atualização em 24/11/2014

Voltar para o topo

CapsAD ajuda a reabilitar usuário de álcool e outras drogas

Samira Gasparini

Atendimento no CAPS

O Centro de Atenção Psicossocial em Álcool e Outras Drogas (CapsAD) atua na prevenção, tratamento, reabilitação e reinserção social do usuário de álcool e outras drogas por meio de atendimento terapêutico em grupo ou individualizado, para maiores de 18 anos.

Serviços

O CapsAD oferece atenção diária na qual o indivíduo permanece no serviço somente durante o dia. Quando necessário, os pacientes que já acompanhados pelos profissionais, podem ter a indicação da equipe psicossocial para permanecer por 24 horas no serviço por um período transitório.

Equipe

A equipe interdisciplinar é formada por médicos clínicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, psiquiatras, psicólogos, assistentes sociais, técnico esportivo, farmacêutico, arteterapeutas, musicoterapeuta, terapeutas ocupacionais e assistentes administrativos. Ela trabalha unida a um grupo de profissionais oferecendo atividades para aqueles que realizam seu acompanhamento no espaço.

Como acessar

Para ter acesso ao serviço, o indivíduo ou seu familiar deve, preferencialmente, procurar a Unidade Básica de Saúde do seu bairro, que avalia e encaminha a necessidade de acompanhamento no CapsAD, mas também pode ser procurar diretamente pelo serviço.

Cada um que chega ao Centro é analisado na sua singularidade para que se encontre a maneira mais adequada e eficiente de tratamento. A equipe procura conhecer a sua história para intervir de maneira completa e integral. Quando necessário a equipe aciona os serviços de outras secretarias, trabalhando de maneira intersetorial.

O acolhimento e agendamento de usuários podem ser feitos de maneira espontânea, diretamente no CapsAD, de segunda à sexta-feira, das 7 às 20 horas.

Emergência

Em caso de crises e emergências, o local mais adequado para atendimento é o pronto-socorro psiquiátrico, que dispõem de recursos para o atendimento em situações mais complexas.

Última atualização em 24/11/2014

Voltar para o topo

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000

Versão clássica