Prefeitura de Vitória

Voltar
MenuMenu

Obras

As obras de infraestrutura urbana e saneamento, e a construção de equipamentos públicos são atribuições da Secretaria Municipal de Obras (Semob)

Macrodrenagem e Contenção de Encostas

Divulgação PMV

Drenagem

A Secretaria de Obras é responsável ainda pela rede de macrodrenagem da cidade e pela contenção de encostas.

As diretrizes para nortear as ações e obras de drenagem a serem realizadas na cidade foram estabelecidas, em 2008, com o Plano Diretor de Drenagem Urbana (PDDU) e atualizadas em 2015 com o Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB).

O PDDU, elaborado em 2008, estabeleceu ações a curto, médio e longo prazos para reabilitar o sistema de drenagem existente na cidade, ampliar a cobertura do serviço, bem como aumentar sua eficiência, por meio da implantação de novas unidades operacionais (obras) e ações não estruturais (como campanhas educativas), contribuindo para a melhoria da qualidade de vida da população.

O plano identificou as principais áreas de alagamentos em Vitória e apontou soluções para redução dos riscos de alagamento. Foram catalogadas 98 bacias de drenagem na cidade. Sendo que 29 dessas bacias foram escolhidas como prioritárias para intervenções em curto prazo.

Para as bacias com problemas de alagamento foram propostas medidas estruturais, como construção de galerias e reservatórios; reurbanizações de áreas abaixo do nível da maré; e reformas nas estações de bombeamento de águas pluviais.

O Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) é exigência de leis federais que atribuem o saneamento aos municípios e o planejamento do PMSB, às prefeituras. O PMSB foi elaborado pela Semohab de forma a integrar ações para quatro assuntos: água, esgoto, drenagem e resíduos.

Obras concluídas

Obras necessárias para a drenagem da cidade já foram realizadas. Essas intervenções estruturais já aconteceram nas bacias de drenagem de águas das chuvas dos bairros Jardim Camburi, Mata da Praia, Morada de Camburi, República, Caratoíra, Jabour, Joana D'Arc e outros 17 bairros da Grande Maruípe.

Foram ampliadas e reformadas as galerias da avenida César Hilal e das ruas Jair Etiene Dessaune (1ª etapa), Ormando Aguiar e José Farias.

Outros projetos prontos

Estão concluídos ainda projetos de drenagem para as bacias que compõem os bairros Inhanguetá, Estrelinha, Grande Vitória,Universitário, Ilha de Monte Belo, Jucutuquara, Romão e Fradinhos

Última atualização em 22/09/2021

Voltar para o topo

PMRR - Plano Municipal de Redução de Riscos

Divulgação PMV

PMRR

As diretrizes que norteiam a redução de riscos geológicos (risco de desabamentos nas encostas) estão apontadas no Plano Municipal de Redução de Riscos (PMRR), que prevê a execução de ações estruturais e não estruturais para minimizar o risco causado pelo excesso de chuvas, como deslizamento de encostas e rochas. Além disso, garante que áreas de ocupação irregular recebam serviços públicos de infraestrutura e saneamento básico.

O PMRR foi executado entre junho de 2007 e março de 2008. Resultado de um convênio firmado com a Caixa Econômica Federal e o Ministério das Cidades, o Programa dividiu o município de Vitória em 25 regiões. Atualmente o plano encontra-se atualizado com os dados de 2014 a 2016.

Foram propostas ações que vão desde a limpeza superficial e pequenas obras de drenagem até a construção de muros de contenção em locais apontados como arriscados para moradia. Os trabalhos foram planejados de forma a serem feitos continuamente ao longo dos anos, além de trabalhos específicos para o período pré-chuvas e para o período de chuvas.

No entanto, analisar apenas o aspecto geológico não é suficiente para resolver o problema. Por isso, a Prefeitura de Vitória investe na conscientização da população. Parte do projeto é dedicada a reuniões com as comunidades.

O que foi feito

Entre 2013 e 2020, a administração municipal realizou 66 obras de contenção de encostas em áreas de risco, com investimento total de R$ 58 milhões.
As obras de contenção foram realizadas em 33 bairros: Moscoso; Fonte Grande; Alagoano; Mário Cypreste; Ariovaldo Favalessa; Gurigica; Consolação; Bento Ferreira; Ilha de Santa Maria; Jaburu; Jesus de Nazareth; Fradinhos; Bairro de Lourdes; Jucutuquara; Joana D'Arc; Santa Martha; São Benedito; Bonfim; Conquista; Comdusa; Santa Tereza; Mangue Seco; Forte São João; Centro; Quadro; Resistência; Romão; Tabuazeiro; Penha; São Cristóvão; Santa Cecília; Mata da Praia e São Benedito.

Última atualização em 22/09/2021

Voltar para o topo

Transparência nas ações da Secretaria de Obras

Divulgação PMV

Obras da Capital

Obras da Capital

A Secretaria Municipal de Obras (Semob) disponibiliza, na página principal do portal da Prefeitura de Vitória, acesso direto para consulta às obras públicas em andamento na capital.
Estão disponíveis para pesquisa informações como o nome da obra; o preço; o prazo de conclusão; a empresa; o percentual de execução; e uma foto recente do empreendimento. A atualização dos dados é permanente.
Além do acesso direto na página inicial do portal, cujo link de acesso fica logo abaixo das notícias do dia, a consulta pode ser feita ainda pela aba "Cidadão", clicando em seguida em "Obras da Capital". Outro caminho é pesquisar o termo "Obras da Capital" e será direcionado a um terceiro caminho.
Confira o andamento das obras na cidade.

Última atualização em 22/09/2021

Voltar para o topo

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Aberta ao público de segunda a sexta, das 8h às 18h

Versão clássica