Benefícios dos zoneamentos vigentes

O PDU organiza o uso e a ocupação da cidade, divida em zonas. De acordo com as características de infraestrutura do local, a lei estabelece os critérios de construção, considerando o tamanho de lotes, quadras, calçadas e ruas; além dos usos, como residencial, comércio, serviços ou industriais, e ainda outros aspectos, tal qual facilidade de acesso aos corredores de transporte coletivo e aos serviços de saúde e educação.

O resultado se apresenta na forma de um mapa do zoneamento urbanístico de Vitória.

Há zonas que têm capacidade de suportar essas atividades de grande porte. Por outro lado, há espaços mais sensíveis, cujo porte dos empreendimentos deve ser limitado para evitar prejuízos à qualidade urbana do local. Por isso, o município controla a ocupação, considerando as particularidades do território.

Portanto, há atividades que são proibidas em determinados locais, mas que podem ser permitidas em uma via principal do bairro ou até mesmo em outras zonas. O zoneamento urbano também contribui para reduzir os impactos na circulação viária.

Uma boa oferta de serviços próximos aos locais com maior concentração da população ajuda a evitar deslocamentos desnecessários pela cidade, seja de carro ou no transporte coletivo. Além disso, amplia as possibilidades de circulação a pé ou de bicicleta para trajetos de compras dentro dos bairros e na vizinhança, promovendo o desenvolvimento local.


Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6239 (Atendimento ao público de 08h às 18h)