Prefeitura de Vitória

Voltar
MenuMenu

Museus

A arte, a cultura e a memória capixabas estão ao alcance de todos em museus instalados em diversas regiões da cidade. Entre eles estão o Museu do Pescador, voltado principalmente para a relação dos moradores com o mar e o manguezal; o Museu Capixaba do Negro, um centro estadual de referência à cultura negra; e a Casa Porto das Artes Plásticas, que promove exposições de artistas locais e nacionais.

Casa Porto das Artes Plásticas

Yuri Barichivich

Casa Porto

A Casa Porto das Artes Plásticas, instalada em um prédio histórico de 1903, é um local para exposições de artistas locais e nacionais. Além de incentivar o trabalho dos artistas, a Casa Porto estimula a apreciação das obras pelo público e contribui para a maior compreensão acerca da arte visual.

Em abril de 2014, depois de cinco anos fechado para reformas, o espaço foi reaberto, ampliado e restaurado, com programação de oficinas e a mostra retrospectiva “Dos Salões à Bienal do Mar”, um recorte histórico com trabalhos vencedores dos Salões e Bienais do Mar, que mostram a importância tanto do espaço quanto da produção artística local para a arte nacional.

O espaço, sediado às portas do Centro histórico da capital, abre também uma oportunidade para que os visitantes conheçam um pouco mais sobre a história de Vitória, do Espírito Santo e do Brasil. A primeira exposição de artes plásticas foi realizada no local em 1999, ano em que o prédio passou a funcionar como espaço cultural, e homenageou os 448 anos de Vitória. “Visão da minha Vitória às Vésperas do Novo Milênio” reuniu obras inéditas de artistas plásticos capixabas e teve como referência um texto homônimo do historiador Renato Pacheco sobre a trajetória histórica da cidade.

No ano seguinte, outra exposição buscou resgatar e preservar a memória cultural do país. “Cabral: o Viajante do Rei” fazia parte do projeto “Memória - Brasil 500 anos”, financiado e organizado pelas fundações Banco do Brasil e Odebrecht. A mostra contou com um espaço dedicado as medalhas da série “Descobrimento”, cunhadas pela Casa da Moeda do Brasil.

Fotografia, gravura, desenho, pintura, escultura: várias são as técnicas apreciadas nas exposições da Casa Porto, espaço que contribui para a revelação de novos talentos.

Exposições e acervo

A Casa Porto das Artes Plásticas é responsável pela conservação das obras de arte que fazem parte do acervo da Prefeitura de Vitória, hoje com mais de 200 títulos. O acervo é diversificado e inclui trabalhos de importantes artistas do modernismo brasileiro, como Tarsila do Amaral, Cícero Dias e Alfredo Volpi, doados pelo Banco Central do Brasil à Secretaria de Cultura.

A maior parte dele foi adquirida por meio de prêmios de aquisição concedidos no Salão do Mar, depois Bienal do Mar. Também foram incorporadas ao acervo obras doadas por artistas que realizaram exposições na instituição.

Catálogo Virtual 

A exposição P.A – Prova de Artista é uma mostra internacional de gravuras que reúne trabalhos de 53 artistas contemporâneos da Bulgária, Cuba, México, Polônia e Portugal – além do Brasil. No catálogo virtual, estão disponíveis todas as 66 obras expostas na Mostra, além de textos dos organizadores, da curadoria e dados específicos sobre os trabalhos.

Catálogo Virtual Exposição Prova de Artista

Restauração e ampliação

Com a reforma, a Casa Porto das Artes Plásticas ganhou novos espaços. O segundo pavimento ficou destinado para as exposições. No primeiro andar, estão as salas para oficinas e acervo técnico. Ao lado do prédio histórico, foi construído um anexo para a parte administrativa e uma novidade: o Ateliê do Artista Residente, espaço para que os artistas, selecionados por meio de edital, possam desenvolver seus projetos. A nova estrutura também conta com banheiros e elevador.

Oficinas gratuitas movimentam Casa Porto das Artes Plásticas

A Casa Porto das Artes Plásticas disponibiliza gratuitamente para toda a comunidade uma série de oficinas cujo objetivo é aproximar o cidadão dos espaços de arte e aprimorar o repertório cultural dos participantes, contribuindo para a inclusão social e cultural dos moradores da Grande Vitória.

Outra finalidade das oficinas é estimular a criação, a partir da execução de atividades teóricas e práticas relacionadas ao campo das artes visuais e dar ferramentas para que os artistas locais possam viabilizar seus projetos a partir de leis de incentivo e patrocínios e, futuramente, poder fazer parte das ações da Casa Porto das Artes Plásticas.

As aulas acontecem na sede do espaço, na Praça Manoel Silvino Monjardim, 66, Centro (antiga sede da Capitania dos Portos).

Outras informações
Telefone: (27) 3132-5295

Onde fica a Casa Porto

Praça Manoel Silvino Monjardim, 66, Centro (antiga sede da Capitania dos Portos)
Ver no mapa

Última atualização em 22/02/2017

Voltar para o topo

Museu Capixaba do Negro - MUCANE

André Sobral

Fachada do MUCANE com carros estacionados em frente

O Museu Capixaba do Negro "Verônica da Pas" (Mucane) é um espaço de convergência de diversos serviços destinados à população. O edifício original foi totalmente restaurado e modernizado. Está equipado com auditório, biblioteca, área de eventos, museu e mezaninos. Entre os objetivos da revitalização está  o de propiciar meios para o desenvolvimento de ações educativas que promovam a conscientização sobre a importância da preservação do patrimônio histórico-arquitetõnico da capital capixaba. O Museu também é um centro de referência à cultura negra.







Onde fica

Avenida República, 121, Centro Histórico, Vitória – ES - Ver no mapa
Telefone: (27) 3222-4560

Última atualização em 27/12/2016

Voltar para o topo

Museu de Arte do Espírito Santo - MAES

Samira Gasparini

Exposição  Triunfos do carnaval no Maes

Construído nos anos de 1924 e 1925 é o primeiro de uma série de prédios públicos construídos por Florentino Avidos para dotar o Estado de infraestrutura e apresentar a população à nova arquitetura para  a cidade. Implantado em terreno de esquina, apresenta um estilo eclético de arquitetura. Tombado pelo Conselho Estadual de Cultura em 1983, abrigou serviços públicos e, em 1998, foi inaugurado como Museu de Arte do Espírito Santo Dionísio Del Santo. Possui área com cinco salas e hall, além de auditório para 40 pessoas. Oferece exposições de arte e ações educativas como palestras, oficinas, cursos e seminários nas áreas de Artes, Patrimônio e Museologia. O local abriga ainda um acervo e uma biblioteca.

*  Acesso ao espaço durante as exposições ou para consultas na Biblioteca. Atualmente fechado para obras pelo Governo do Estado.

Avenida Jerônimo Monteiro, 557, Centro Hitórico, Vitória  - ES - Ver no mapa
Telefone: (27) 3132-8393
Horário de visitação: 
De terça a sexta-feira, das 10 às 18 horas, e sábado, domingo e feriados, das 12 às 18 horas

Última atualização em 11/01/2017

Voltar para o topo

Museu do Pescador

Elizabeth Nader

Exposição Fotografica Caieiras Ilha de Luz e Cores no Museu do Pescador na Ilha das Caieiras

O Museu Histórico da Ilha das Caieiras Manoel Passos Lyrio é uma antiga reivindicação da comunidade e se constitui como um museu comunitário. Sua sede é uma antiga casa de secos e molhados, construído na década de 1930.

Fica localizado num celeiro de manifestações culturais, em uma posição central da Região de São Pedro. Desde o final do século XIX, o bairro constituía um ponto de parada de rotas comerciais vindas do interior do Estado através da navegação fluvial realizada no rio de Santa Maria.

Onde fica o Museu

Rua Felicidade Correia dos Santos, 1095, Ilha das Caieiras, Vitória – ES - Ver no mapa

Telefone (27) 3323-9993

De terça a sexta, das 12 às 17h; sábados e domingos, das 12 às 16h

Última atualização em 27/12/2016

Voltar para o topo

Museu Solar Monjardim

Carlos Antolini

Fundos do Museu Solar Monjardim

Único museu federal do Espírito Santo. Possui um grande acervo que inclui os mais diversos tipos de objetos como peças de arte sacra, mobiliário, documentos, fotografias, cristais e porcelanas. O Solar Monjardim está atualmente estruturado como um museu-casa, revelando aspectos da vida cotidiana de uma família abastada do século XIX. O museu se localiza no casarão que constituía a antiga sede da fazenda Jucutuquara, cuja construção teve início na década de 1780. Este foi o primeiro edifício tombado em nível nacional no Espírito Santo, em 1940, por ser uma referência expressiva da arquitetura rural colonial brasileira, tendo suas características muito bem conservadas.

Endereço: Avenida Paulino Müller, Jucutuquara - Vitória - ES - Ver no mapa
Telefone: (27) 3223-6609

Última atualização em 27/12/2016

Voltar para o topo

Memorial da Paz é mais um espaço cultural de Vitória

Carlos Antolini

Memorial da paz na Praça do Papa

O Memorial da Paz é um espaço cultural da Secretaria Municipal de Cultura (Semc). Está localizado na Praça da Papa, na Enseada do Suá, um ponto privilegiado da cidade, com vista para o mar e o Convento da Penha. Desde que foi inaugurado, em 30 de maio de 2008, o Memorial vem sediando atividades culturais, principalmente, exposições de artes plásticas e de fotografias dedicadas à valorização da cultura da paz nas suas diferentes formas de manifestações.

Construído como um marco da visita do Papa João Paulo II a Vitória, em 1991, o Memorial da Paz, está localizado junto aos monumentos Painel da Paz, obra construída em granito e aço inox em que a palavra “Paz” está escrita em diversos idiomas, e a Cruz Reverente, obra do escultor grego Ioannis Zavoudakis.

Espaço Cultural

Nesses mais de seis anos o Memorial da Paz vem sendo palco de várias exposições. A partir de 22 de agosto de 2009 tornou-se espaço cultural da Secretaria de Cultura, sediando a exposição “Devoção e Arte – Uma hagiografia possível”, do artista plástico Attílio Colnago, tendo o sagrado como temática.

No mês seguinte, no dia 25, o Espaço Cultural Memorial da Paz abrigou uma exposição coletiva em homenagem aos 458 anos de Vitória, com a participação de 140 artistas plásticos capixabas. A organização foi do Sindicato dos Artistas Plásticos Profissionais do Espírito Santo (Sindiappes), com apoio da Lei Rubem Braga, da Semc.

Outras exposições

Entre dezembro de 2012 e março de 2013 foi montada no Memorial da Paz a exposição coletiva dos artistas Alex Vieira, André Magnago, Paulo Emmerich, Polliana Dalla, Raphael Araújo e Reinaldo Freitas Resende. Com o tema “Casa Porto: de chegada e de partida”, a mostra reuniu 20 obras desses artistas que fizeram estágios na Casa Porto das Artes Plásticas, outro espaço cultural da Semc.

“Paisagens Permanentes” foi a mostra realizada no Memorial, entre abril e maio de 2013. A exposição de Carlos Benevides e César Viola reuniu uma coleção de imagens do Convento da Penha.

Em outubro de 2013, o Espaço Cultural recebeu a exposição "Leitura de poemas gastos", do artista plástico cearense Diogo Souza Santos. A mostra, que seguiu aberta à visitação pública até o dia 1º de dezembro, reuniu um conjunto de desenhos de figura humana. A exposição foi viabilizada através do Edital de Ocupação dos Espaços Culturais da Semc.

Em seguida, a mostra da fotógrafa Ignez Capovilla “Por novos horizontes” estreou em 10 de dezembro, trazendo uma experiência de enquadramento de imagens em que diferentes lugares passavam a pertencer a um mesmo espaço.

Dentro da programação especial do Mês das Mães, em maio de 2014, o Memorial da Paz foi palco para uma exposição de pinturas de servidores municipais participantes do Projeto Arteterapia. Em abril, foi a vez daexposição coletiva de gravuras "Impressões e Memória". A mostra reuniu cerca de 30 trabalhos dos artistas André Magnago, Camila Nunes, Jocimar Nalesso, Marcela Dantas, Mônica Neves Leão, Rick Rodrigues, Tatiana Dalla e Thiago Arruda.

Neste ano também aconteceu no local a exposição de projetos do Concurso Orla Noroeste, promovido pela Prefeitura de Vitória. Entre os projetos expostos esteve o vencedor do concurso, intitulado Orla Viva, que prevê a implantação de 15 quilômetros de calçadão, abrangendo os bairros Santo Antônio e Goiabeiras.

Endereço: Galeria Cônego Maurício Mattos Pereira
Telefone: 3132-8372
Horário de visitação: Terça a sexta-feira, das 9h às 17h. Sábados e domingos, das 12h às 16h

Última atualização em 26/01/2016

Voltar para o topo

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000

Versão clássica