Prefeitura de Vitória

Voltar
MenuMenu

Publicada em 18/05/2018, às 16h10 | Atualizada em 18/05/2018, às 16h26

Por Leo Vais (levsilva@vitoria.es.gov.br)

Com edição de Matheus Thebaldi

Instrumentarte: alunos preservam cultura capixaba através do congo


Divulgação Semc

Instrumentarte

Instrumentarte possibilita que mestres e integrantes de bandas de congo ensinem essa arte musical aos alunos da rede pública de ensino de Vitória

A valorização de saberes e fazeres é fundamental no processo de fortalecimento da identidade local. Com o objetivo de preservar e fomentar a cultura popular através de uma das mais importantes manifestações culturais do Espírito Santo, o congo, recomeçaram na última quarta-feira (16) as aulas do projeto "Instrumentarte – Ensino de Congo nas Escolas", dentro das atividades do Circuito Cultural.

As ações são coordenadas pelo mestre Valdemiro Sales, da banda de congo Panela de Barro, e pelo artista Wander Silva de Oliveira, popularmente conhecido como "Sagrilo", que também é responsável pela oficina "Ícones da Cultura Capixaba".

O trabalho dá continuidade à proposta de aproximar os estudantes da educação infantil e do ensino fundamental ao universo do congo. As aulas contemplam os alunos do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Jacyntha Ferreira de Souza Simões, em Goiabeiras, e da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Adão Benezath, em Antônio Honório, na região de Goiabeiras.

"Estamos dando continuidade à relação dessas crianças com a cultura popular e, assim, fortalecendo o congo mirim pelo viés da banda de congo Panela de Barro e, consequentemente, com as outras bandas do município", disse Lena Côgo, coordenadora do projeto Circuito Cultural.

"A cultura popular é, de longe, a mais representativa manifestação criativa do homem. É a origem e o destino, é a democratização do conhecimento através do costume", afirmou o secretário de cultura, Francisco Grijó.

Instrumentarte

Idealizado em 2004, o "Instrumentarte" valoriza a identidade folclórica capixaba ao possibilitar que mestres e integrantes de bandas de congo ensinem essa arte musical aos alunos da rede pública de ensino de Vitória.

Notório Saber Cultural

Com 50 anos de atuação na cultura popular, o mestre Valdemiro Salles, da banda de congo Panela de Barro, da região de Goiabeiras, é quem ensina aos pequenos a história do congo. Seu notório saber foi declarado pela Comissão Espírito-Santense de Folclore e sua consagração pública é comprovada por publicações em sites especializados, além de publicações na mídia local.

"É um privilégio para a Secretaria de Cultura poder contratar o mestre Valdemiro Sales, que traz todo o saber sobre o congo e suas variáveis, e que levará às escolas, através do projeto Instrumentarte, o conhecimento sobre tão importante manifestação da identidade capixaba", disse o secretário de Cultura, Francisco Grijó.

O Notório Saber Cultural é uma honraria concedida a agentes culturais que tenham relevante conjunto de saberes e fazeres artísticos e/ou culturais e que não possuam formação e/ou graduação formal na área de atuação. 

Ícones

Também recomeçaram as aulas da oficina "Ícones da Cultura Capixaba", ministradas pelo artista Sagrilo, que acontecem no Museu Histórico da Ilha das Caieiras "Manoel dos Passos Lyrio" (Museu do Pescador). A oficina tem como objetivo incentivar o processo de estudo, criação e produção de elementos que dialogam com a nossa identidade cultural, além de formar núcleos produtivos com foco na sustentabilidade.

As aulas propõem o ensino e a produção desses produtos em formato de souvernirs utilitários. As peças de confecção artesanal representam a identidade da cultura capixaba. Entre os ícones que são desenvolvidos nas aulas do projeto, estão o mastro de São Benedito, estandartes, barco da festa de São Pedro, tambor e casaca.

Circuito Cultural

O projeto Circuito Cultural oferece aos munícipes a oportunidade de conhecer os fundamentos de manifestações artísticas e culturais, por meio de diferentes linguagens e expressões culturais: artesanato, audiovisual, artes plásticas, cultura popular, dança, história, literatura, música, teatro, entre outras.


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço online.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000

Versão clássica