Saúde do Adulto


Veja como o município trabalha no cuidado com a saúde dos adultos moradores de Vitória.

Lista com as unidades de saúde de cada bairro

A Unidade de Saúde é a principal porta de entrada dos munícipes na Atenção Primária, cuja função é garantir o acesso do cidadão à saúde, com ofertas de serviços tais como: o acolhimento, consultas, curativos, distribuição e administração de medicamentos, entre outras.

Nome Endereço Telefones Horário Observação
Unidade de Saúde - Alagoano - Ariovaldo Favalessa Servidão Ernesto Caliari, S/N , Caratoíra 3132-5196, 3222-1997 seg-sex, das 7h às 17h -
Unidade de Saúde - Andorinhas - Dr. Luis Claudio Passos Rua Emílio Ferreira da Silva, 160 , Andorinhas 3382-6759 seg-sex, das 7h às 17h -
Unidade de Saúde - Bonfim (Thomaz Tommassi) Rua Dióscoro Carneiro Filho, S/N , Bonfim 3132-2055, 3382-3056 seg-sex, das 7h às 18h -
Unidade de Saúde - Centro (Geny Grijó) Rua Cais de São Francisco, 54 , Centro 3132-5102, 3132-5103 seg-sex, das 7h às 18h -
Unidade de Saúde - Conquista - Maria Leda Santos Rodovia Serafim Derenzi, 6090 , Conquista 3317-9610, 3385-4304 todos, das 7h às 19h Unidade de Saúde com horário de atendimento ampliado, funcionando todos os dias, incluindo finais de semana e feriados, em apoio aos Pronto-Atendimentos.
Unidade de Saúde - Consolação - Maria Rangel dos Passos Rua Desembargador Otávio de Carvalho Lengruber, 185 , Gurigica 3382-6744, 3382-6745 seg-sex, das 7h às 18h -
Unidade de Saúde - da Penha - Dr. Gilson Santos Rua Padre Luiz Koester, 78 , Da Penha 3224-1893, 3382-3062, 3382-6760, 3382-6761 seg-sex, das 7h às 18h -
Unidade de Saúde - do Quadro - Avelina Maria Lacerda Gonçalves Rua Lucidato Vieira Falcão, 5 , Do Quadro 3132-5092, 3132-5093 seg-sex, das 7h às 18h -
Unidade de Saúde - Fonte Grande (Dr. Affonso Schwab) Rua Graciano Neves, 352 , Centro 3132-5116, 3132-5117 seg-sex, das 7h às 18h -
Unidade de Saúde - Forte São João (Dr. Bolivar de Abreu) Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1185 , Forte São João 3132-5191 seg-sex, das 7h às 18h -
Unidade de Saúde - Grande Vitória Rua da Vitória 1, 112 , Grande Vitória 3323-9222, 3323-9312 seg-sex, das 7h às 17h -
Unidade de Saúde - Ilha das Caieiras - Vereador Nenel Miranda Rua Felicidade Correia dos Santos, 40 , São Pedro 3132-5086 seg-sex, das 7h às 17h -
Unidade de Saúde - Ilha de Santa Maria Rua João Bastos Vieira, Sn , Ilha de Santa Maria 3132-5089, 3132-5090, 3233-4910 seg-sex, das 7h às 17h -
Unidade de Saúde - Ilha do Principe (Dr. Manoel Rocha Coutinho) Rua Fenelon Gomes, 138 , Ilha do Príncipe 3132-2116, 3132-5088 seg-sex, das 7h às 17h -
Unidade de Saúde - Itararé - Dilson dos Santos Loureiro Rua Doutor Arlindo Sodré, 260 , Itararé 3381-6905 seg-sex, das 7h às 18h -
Unidade de Saúde - Jabour (Dr. Carlito Von Shilgen) Rua Engenheiro César Dantas, 176 , Jabour 3135-2030, 3135-2031 seg-sex, das 7h às 19h -
Unidade de Saúde - Jardim Camburi (Raul Oliveira Nunes) Rua Belmiro Teixeira Pimenta, 640 , Jardim Camburi 3138-8130, 3138-8131, 3237-2419 todos, das 7h às 22h e de 7h às 19h Unidade de Saúde com horário de atendimento ampliado, funcionando de segunda a sexta, de 07às 22h e aos finais de semana e feriados de 07 às 19 horas, em apoio aos Pronto-Atendimentos.
Unidade de Saúde - Jardim da Penha (Otaviano Rodrigues de Carvalho) Avenida Francisco Generoso da Fonseca, 320 , Jardim da Penha 3315-7921, 3382-6749 seg-sex, das 7h às 20h -
Unidade de Saúde - Jesus de Nazaré (Dr. Luiz Castellar da Silva) Rua Helena Muller, 168 , Jesus de Nazareth 3382-6740, 3382-6741 seg-sex, das 7h às 17h -
Unidade de Saúde - Maria Ortiz Rua Professor Renato Ribeiro dos Santos, 271 , Maria Ortiz 3135-2034, 3327-3337 todos, das 7h às 19h Unidade de Saúde com horário de atendimento ampliado, funcionando todos os dias, incluindo finais de semana e feriados, em apoio aos Pronto-Atendimentos.
Unidade de Saúde - Maruípe Rua Victor Fritoli Navarro, 20 , Maruípe 3382-6738 todos, das 7h às 22h e 7h às 19h Unidade de Saúde com horário de atendimento ampliado, funcionando de segunda a sexta, de 7h às 22h e aos finais de semana e feriados de 7h às 19 horas, em apoio aos Pronto-Atendimentos.
Unidade de Saúde - Praia do Suá (Lucilo Borges Sant’anna) Rua Caetano Tunholi, Sn , Enseada do Suá 3382-6512 todos, das 7h às 19h Unidade de Saúde com horário de atendimento ampliado, funcionando de segunda a sexta, de 7h às 19h e aos finais de semana e feriados de 7h ás 19h, em apoio aos Pronto-Atendimentos.
Unidade de Saúde - República (Dr. Jolindo Martins) Avenida Rozendo Serapião de Souza Filho, 490 , República 3135-2035, 3135-2037 seg-sex, das 7h às 18h -
Unidade de Saúde - Resistência Rua Nossa Senhora da Conceição, 270 , Resistência 3382-6762 seg-sex, das 7h às 17h -
Unidade de Saúde - Santa Luíza (Dr. José Moyses) Rua Doutor João Carlos de Souza, 330 , Santa Luíza 3135-3001, 3135-3005, 3385-4542 seg-sex, das 7h às 17h -
Unidade de Saúde - Santa Martha - Benedito Gomes da Silva Rua Getúlio Miranda, 70 , Santa Martha 3317-1510, 3324-7558 seg-sex, das 7h às 18h A unidade também pode ser acessada pelo Whatsapp, no número 99291-5038. Apenas mensagens, não recebe ligações.
Unidade de Saúde - Santo André Rua da Coragem, 180 , Santo André 3323-8130, 3332-7825 seg-sex, das 7h às 17h -
Unidade de Saúde - Santo Antônio (Júlio Cézar Prates Mattos) Rua Ernesto Bassini, 165 , Santa Tereza 3132-5096, 3132-5098 todos, das 7h às 19h Unidade de Saúde com horário de atendimento ampliado, funcionando de segunda a sexta, de 7h às 19h e aos finais de semana e feriados de 7h ás 19h, em apoio aos Pronto-Atendimentos.
Unidade de Saúde - São Cristovão Rua Alcides Lyrio do Nascimento, 60 , Tabuazeiro 3345-8422, 3345-8653 seg-sex, das 7h às 17h -
29 ocorrência(s)

Fonte: Secretaria de Saúde

Última atualização em 01/06/2023, às 17h07

Atendimento de saúde nas áreas de baixa e média complexidade

Marcos Salles
Atendimento em Unidade de Saúde

As Unidades Básicas de Saúde - UBS são o ponto de primeiro acesso dos usuários munícipes de Vitória, com oferta de atendimento médico, odontológico, de enfermagem, assistente social, psicologia, entre outros atendimentos e procedimentos.

Cada Unidade Básica de Saúde está organizada para atender determinados bairros que são o território sob sua responsabilidade.

O acesso às Unidades Básicas de Saúde pode ser feito por meio de agendamento presencial ou agendamento online, sendo necessária a realização de cadastro no próprio serviço e também a atualização dos seus dados, sempre que ocorrer mudança de telefone e/ ou endereço.

A partir do atendimento na Unidade Básica de Saúde, de acordo com a avaliação individual e indicação clínica, é realizado o encaminhamento para consultas ou exames especializados, com atendimento por especialistas da própria rede municipal de saúde da capital ou para especialistas de serviços de saúde do Estado, após agendamento pela central de Regulação.

Casos de urgência

Os moradores de Vitória contam com dois serviços de urgência médica e odontológica 24 horas: os prontos atendimentos de São Pedro e da Praia do Suá.

Os PAs atendem aos casos de urgência, ou seja, pacientes com quadros agudos de dor e desconforto, que necessitam de assistência médica imediata. Os demais problemas de saúde não urgentes são verificados pelos médicos por meio de consultas agendadas com antecedência nas unidades de saúde.

Deve-se procurar um PA em casos de sangramentos, fraturas ou suspeita de fratura, dores forte no peito, pequenos acidentes domésticos com cortes, febre alta, vômito constante, diarreia, suspeita de intoxicação e acidentes com animais peçonhentos.

Última atualização em 29/03/2023, às 17h14

Pronto atendimento - Casos de urgência

Samira Gasparini
Atendimento no PA da Praia do Suá

Os moradores de Vitória contam com dois serviços de urgência médica e odontológica 24 horas: os prontos-atendimento de São Pedro e da Praia do Suá.

Os PAs atendem aos casos de urgência, ou seja, pacientes com quadros agudos de dor e desconforto, que necessitam de assistência médica imediata. Os demais problemas de saúde não urgentes são verificados pelos médicos por meio de consultas agendadas com antecedência nas unidades de saúde.

Deve-se procurar um PA em casos de dores agudas, sangramentos, pequenos acidentes domésticos com cortes e outros machucados, febre alta, vômito constante, diarreia, suspeita de intoxicação e acidentes com animais peçonhentos.

Sistema informatizado

Para melhorar o atendimento à população, o acesso à informação, a organização e o controle das unidades de saúde, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) e a Subsecretaria de Tecnologia da Informação (Sub-TI) elaboraram, em parceria, um projeto de informatização.

O Pronto atendimento de São Pedro foi o primeiro, nesta categoria, a receber informatização de um sistema que registra a fila de atendimento, classificação de risco e procedimentos da sala de medicação, com prescrição e checagem de forma eletrônica.

Os sistemas informatizados também permitem agilizar procedimentos administrativos, gerenciais, de atendimento e acesso à informação de pacientes. Além disso, o sistema gera o prontuário eletrônico com os dados do atendimento prestado ao paciente.

Para que o atendimento seja mais rápido, basta o usuário apresentar um documento com foto e ele será encaminhado para a classificação de risco. Depois, ele aguarda o atendimento médico ou odontológico de acordo com a gravidade do caso.

Onde ficam

PA Praia do Suá
Rua Almirante Tamandaré, 15, Praia do Suá - Ver no mapa
Telefone: (27) 3137-2764
Horário de funcionamento: todos os dias, 24 horas
PA São Pedro
Rodovia Serafim Derenzi, s/n, São Pedro III - Ver no mapa
Telefone: (27) 3132-5099
Horário de funcionamento:
  • Todos os dias, 24 horas para casos de urgência médica
  • Até as 22 horas para casos de urgência odontológica.

Última atualização em 29/03/2023, às 17h16

Centro municipal de especialidades

André Sobral
Fachada do Centro Municipal de Especialidades

O Centro Municipal de Especialidades (CME) Doutor Aprígio da Silva Freire foi inaugurado no dia 03 de junho de 2012. Tem como finalidade atender todos os moradores cadastrados no sistema de saúde do município de Vitória ofertando consultas e exames especializados por meio de encaminhamento das Unidades de Saúde.

Ele está situado no bairro Mário Cypreste e funciona de segunda a sexta-feira. No local, os usuários têm o melhor acesso aos serviços de médica complexidade em Vitória.

O CME é composto por cinco andares, mais 56 consultórios, um Centro de Especialidades Odontológico, Auditório, tendo à disposição 140 profissionais, desde médicos especialistas, equipe de enfermagem, administrativos, higienização e vigilantes.

No Centro Municipal de Especialidades são oferecidas à população várias especialidades médicas, tais como:

  • Acupuntura;
  • Cardiologia;
  • Endocrinologia;
  • fisioterapia;
  • Gastroenterologia;
  • Ginecologia;
  • homeopatia;
  • Neurologia;
  • Nutrição;
  • Oftalmologia;
  • Otorrinolaringologia;
  • Ortopedia;
  • Psiquiatria;
  • Reumatologia;
  • Terapia ocupacional;
  • Urologia.

Em convênio com a Universidade Multivix e a Faculdade UVV são ofertadas outras especialidades:

  • Alergologia;
  • Dermatologia;
  • Hematologia;
  • Mastologia;
  • Nefrologia;
  • Neuropediatra;
  • Pequenas cirurgia;
  • Pneumologia.

Com a integração ensino-serviço garantida pelo SUS, o CME acolhe, por meio de parceria com as instituições de ensino Multivix e UVV, mais de duzentos estudantes ao longo da semana.

Centro de Especialidades Odontológicas

  • No primeiro andar do CME e oferta as cinco especialidades odontológicas:
  • Cirugião buco-maxilo;
  • Endodontia;
  • Ortondontia;
  • Periodontista;
  • Cirurgião- protesista com laboratório próprio para confecção de próteses dentárias e oferecer Raio- X periapical.

No CEO também é feito o diagnóstico de câncer de boca, incluindo biopsia, e são atendidas as pessoas com deficiência mental e neurológica.

Além de atendimentos médicos e odontológicos, o CME possui uma clínica de Fisioterapia, Terapia Ocupacional e Nutrição, além disso são ofertados exames de Espirometria, Eletrocardiograma e Retossigmoidoscopia.

Atualmente o Centro de Referência de Atendimento ao Idoso está funcionando no terceiro andar do CME com objetivo de atender melhor à população enquanto a nova sede é construída.

Agendamento

Para ter acesso a consultas e exames, o paciente precisa de encaminhamento da unidade de saúde que atende ao seu bairro ou de outro serviço de saúde conveniado ao SUS. O agendamento é realizado na unidade de saúde de origem, por meio do sistema de regulação da secretaria.

O paciente deverá comparecer a este Centro, com pelo menos 30 (trinta) minutos de antecedência, e portar documento de identificação e a autorização de consulta (SISREG), para que seja devidamente identificado na recepção central do térreo do edifício, e liberado para a efetivação da consulta agendada. Caso seja necessária a presença de acompanhante, o referido também deve estar munido de documento de identificação.

Quando for criança, o documento a ser apresentado é a certidão de nascimento ou cartão de vacina.

Onde fica

Avenida Dario Lourenço de Souza, 120, Mário Cypreste - Ver no mapa
Telefone: (27) 3322-1310
Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 7 às 20 horas

A Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) oferece serviços (consultas e exames) de especialidades por meio da rede própria, de convênios com hospitais filantrópicos, de contratos com a rede particular, e também pela rede Sistema Único de Saúde (SUS)/Secretaria de Estado da Saúde (SESA).

Outros telefones de contato do Centro Municipal de Especialidades de Vitória:

  • Térreo: 3322-3892;
  • Preparo: 3322-4513;
  • Enfermagem: 3322-1310;
  • 1º andar - Odontologia: 3322-4538;
  • 2º andar - Consultórios: 3322-3600;
  • 3ª andar - Consultórios: 3322-1411;
  • 4º andar - Consultórios: 3322-4652;
  • 5ª andar - Administração: 3322-1310.

Última atualização em 12/04/2024, às 18h36

Laboratório Central Municipal

O Laboratório Central Municipal (LCM) realiza exames laboratoriais a partir das solicitações feitas pelos profissionais das unidades de saúde de Vitória, da maternidade Pró-Matre, do CRE Metropolitano, do Hucam, dentre outras instituições públicas que atendem SUS.

Sua missão é dar suporte ao diagnóstico clínico com precisão e agilidade, e para isto conta com o alto nível de agilidade/informatização e tecnologia dos equipamentos, aliado aos conhecimentos de uma equipe especializada, o que contribui para o sucesso dos tratamentos e monitoramento das doenças.
A coleta do material biológico é feita de segunda a sexta-feira, nas 29 unidades de saúde da capital e no Centro de Referência IST/Aids.
Nos Pronto-Atendimentos Praia do Suá e São Pedro, a coleta é realizada 24 horas por dia, de segunda a domingo.

Saiba mais

Última atualização em 12/04/2024, às 17h37

Hipertensão e diabetes: prevenção

Marcos Salles
Atendimento em Unidade de Saúde
Carlos Antolini
Verificação de Glicemia

A Prefeitura de Vitória realiza ações de promoção da saúde e de prevenção a diabetes e hipertensão, além de acolher, acompanhar e oferecer o tratamento, a fim possibilitar a atenção qualificada, a motivação para o autocuidado e a adoção de comportamentos saudáveis à população portadora destas condições crônicas

Serviços

  • Atendimento e acompanhamento multiprofissional em todas as unidades de saúde para todas as necessidades básicas e com encaminhamento para especialistas no Centro Municipal de Especialidades (CME) ou outros serviços de acordo com cada caso;
  • Disponibilização de materiais necessários ao controle do nível de glicose no sangue, como glicosímetros, tiras testes e lancetas. A entrega dos materiais é feita para pessoas que usam insulina que estejam cadastrados e acompanhados pelas equipes de saúde na Unidade mais próxima de sua residência;
  • Fornecimento de medicamentos para tratamento de hipertensão arterial e diabetes mellitus nas farmácias das Unidades de Saúde mediante apresentação de prescrição médica;
  • Realização de exames laboratoriais e outros para fins de diagnóstico, monitoramento das condições de saúde, classificação de risco e prevenção de complicações relacionadas à hipertensão e diabetes;
  • Atendimento à situações de urgência com suporte para os devidos encaminhamentos;
  • Cadastro e acompanhamento através de um Sistema Informatizado com registro de situações de saúde, informações clínicas e detecção de situações de risco associadas a cada caso;
  • Atividades de educação em saúde com orientações individuais e em grupo por meio de conversas, palestras e grupos de usuários nas unidades de saúde, além de parcerias para ações programadas com escolas, empresas e outros.

Área Técnica de Hipertensão e Diabetes

A área técnica de Hipertensão e Diabetes tem como objetivo a organização da atenção à saúde no SUS dirigida aos usuários com hipertensão e diabetes, considerando na perspectiva da integralidade das ações, a promoção da saúde, a prevenção das complicações decorrentes desses agravos, bem como tratamento destas doenças, a fim de qualificar a atenção à saúde para o enfrentamento desses agravos.

Saiba mais

Última atualização em 08/05/2019, às 14h35

Ações de controle do Tabagismo

O que é tabagismo?

Tabagismo é o ato de consumir cigarros ou outros produtos que contenham tabaco e seus derivados, como, por exemplo, rapé, narguilé, sabiá, vape, dentre outros. É considerado uma doença pela Organização Mundial de Saúde, devido à dependência de substância psicoativa.

Por que as pessoas fumam?

O tabaco contém como princípio ativo a nicotina, uma substância psicoativa que chega rapidamente ao sistema nervoso central (cérebro) e age trazendo modificação no estado emocional e comportamental do usuário - sensações momentâneas de prazer, de relaxamento, de melhora do foco, redução momentânea de ansiedade, dentre outros.
Essas sensações são passageiras e levam a pessoa a fumar novamente para sentir-se bem, podendo fumar cada vez mais. Assim, está estabelecida a dependência tanto física (química) quanto psicológica da substância, apesar do conhecimento de seus efeitos prejudiciais à saúde.

Quais são os riscos?

O tabagismo é um dos principais fatores causadores de doenças cardiovasculares (infarto, hipertensão arterial, AVC, trombose), doenças respiratórias crônicas (enfisema pulmonar, asma, pneumonias, bronquites), diabetes e cânceres (boca, esôfago, estômago, pulmões, rim, bexiga, pâncreas, pênis, leucemia mielóide aguda, etc.).

Quem não fuma, mas convive com fumantes, fica frequentemente exposto à fumaça ambiental do tabaco (tabagismo passivo), que produz adoecimento e morte em crianças e adultos.

Dados  do Instituto Nacional de Câncer - INCA mostram que o Brasil emprega anualmente cerca de R$125 bilhões para tratar as doenças e incapacitações provocadas pelo tabagismo e que 443 pessoas morrem a cada dia no país por causa do tabagismo.

Ações de Controle do Tabagismo em Vitória

Por esses motivos, as ações de controle do tabagismo são tão importantes para alertar a população em geral sobre os riscos decorrentes do uso do tabaco, para prevenir a iniciação precoce e para oferecer a oportunidade de tratamento às pessoas que não conseguiram deixar de fumar sozinhas.
As Ações de Controle do Tabagismo desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Saúde vêm sendo implantadas no município de Vitória desde 1998 e têm o objetivo principal de reduzir a prevalência de fumantes e o adoecimento e a mortalidade decorrentes do uso do tabaco e seus derivados. Para isso, são desenvolvidas atividades com foco  principal em:

  • Educação em saúde;
  • Prevenção da iniciação do tabagismo;
  • Tratamento para cessação do tabagismo;
  • Promoção de ambientes livres de tabaco;
  • Vigilância de estabelecimentos de uso coletivo.

Ações educativas

Dentre as ações educativas promovidas, encontram-se palestras, orientações individuais, exibição de vídeos, demonstração do monóxido de carbono nos pulmões de tabagistas, demonstrações dos efeitos do alcatrão no organismo e as campanhas anuais, que fazem parte do calendário oficial de datas comemorativas de Vitória - Dia Mundial Sem Tabaco (31 de maio) e Dia Nacional de Combate ao Fumo (29 de agosto).

Prevenção da iniciação do tabagismo

Tem como público-alvo crianças e adolescentes e é realizada por meio do Programa Saber Saúde do Programa Nacional de Controle do Tabagismo - INCA/PNCT , que capacita profissionais da saúde e da educação para a prevenção do tabagismo. Essas ações são realizadas também por meio do Programa Saúde na Escola.

Tratamento para cessação do tabagismo

O tratamento no SUS segue as recomendações do Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas do Tabagismo (Portaria Conjunta SCTIE/SAES/MS Nº 10, de 16 de abril de 2020) . É realizado através de uma abordagem intensiva, que tem por base o modelo cognitivo comportamental, e consiste em sessões individuais ou em grupo de apoio, com 10 a 15 participantes, coordenados por um ou dois profissionais. Essas sessões são estruturadas em:

  • Quatro sessões semanais, onde se trabalha a aprendizagem de um novo comportamento, através da promoção de mudanças nas crenças e nas vinculações comportamentais ao ato de fumar que a pessoa desenvolveu durante a dependência;
  • Duas sessões quinzenais;
  • Uma reunião mensal aberta, com a participação de todos os grupos, para prevenção de recaída, até completar um ano.

Durante cada sessão, o participante recebe o material de apoio, que são cartilhas elaboradas pelo Instituto Nacional de Câncer para o Programa Nacional de Controle do Tabagismo. As cartilhas são utilizadas durante as sessões intensivas e são fornecidas aos participantes para reforçar, no seu dia-a-dia, as informações e estratégias trabalhadas durante o grupo para deixar de fumar.

O uso de medicamentos tem um papel bem definido no processo de cessação do tabagismo: minimizar os sintomas da síndrome de abstinência à nicotina, facilitando a abordagem intensiva do tabagista. Por isso medicamentos não devem ser utilizados isoladamente, e sim em associação com uma boa abordagem. É fundamental que o tabagista se sinta mais confiante para exercitar e por em prática as orientações recebidas durante as sessões da abordagem intensiva. Nem todas as pessoas utilizam medicamentos para parar de fumar. A necessidade ou não de apoio medicamentoso será avaliada pelo profissional junto com o indivíduo, durante consulta e durante as primeiras sessões de abordagem intensiva. Todos os medicamentos são fornecidos pelo INCA/MS.

Em Vitória, o tratamento é oferecido nas unidades de saúde. Para informações mais detalhadas, o tabagista que deseja para de fumar deve dirigir-se à unidade de saúde de referência da sua residência e manifestar sua vontade em realizar o tratamento. Deverá ser agendada a sua avaliação clínica/consulta com profissional capacitado que, quando necessário, realizará o encaminhamento para o tratamento intensivo que estiver disponível no momento - em grupo ou individual.

Você também pode buscar orientações sobre como parar de fumar através de ligação telefônica para o Disque saúde do Ministério da Saúde, através do número 136.

Ações legislativas e Ambientes livres de tabaco

As ações legislativas são também de extrema importância no controle do tabagismo, pois permitem a regulamentação de propagandas, patrocínios e rótulos de produtos; a taxação sobre os produtos derivados do tabaco, cuja renda é direcionada para a prestação de serviços públicos (embora não cubra os gastos públicos decorrentes dos adoecimentos e internações causados pelo tabagismo); a Promoção de ambientes livres de tabaco; dentre outros. Os ambientes livres de tabaco garantem a proteção da saúde das pessoas que não fumam, especialmente crianças, contra os efeitos nocivos do tabagismo passivo. Veja abaixo leis municipais de promoção de ambientes livres de tabaco:

Lei Municipal Nº 4.357 de 13 de maio de 1996, dispõe sobre a proibição do uso de cigarro, charutos, cachimbos e outros derivados de fumo no interior de bares, restaurantes e estabelecimentos públicos que possuam ambientes fechados. É regulamentada pelo Decreto Municipal Nº 12.204 de 16 de março de 2005.

Lei Municipal Nº 7.771 de 25 de agosto de 2009, institui o selo "Ambiente Livre de Tabaco", que qualifica instituição/empresa pública ou privada que adote ambientes 100% livres de Poluição Tabagica Ambiental em suas dependências.

Lei Municipal Nº 8.029, de 6 de dezembro de 2010, institui no âmbito do Município de Vitória o programa "Praia Sem Fumo", com o objetivo de inibir o consumo de cigarros, cigarrilhas, charutos, cachimbos ou qualquer outro produto fumígeno, derivado ou não do tabaco na extensão de areia das praias.

Lei Municipal Nº 9.300, de 27 de julho de 2018, dispõe sobre a proibição do consumo de cigarros, cigarrilhas, charutos, cachimbos, narguilés ou de qualquer outro produto fumígeno, derivado ou não do tabaco, em pontos de ônibus do Município de Vitória.

Lei Municipal Nº 9.683, de 28 de setembro de 2020, dispõe sobre a proibição do consumo de cigarros, cigarrilhas, charutos, ou qualquer outro produto fumígeno, derivado ou não do tabaco, em parques públicos municipais da Cidade de Vitória.

Parar de fumar é uma Vitória!

Última atualização em 29/03/2023, às 15h39

Rede Bem Estar

Yuri Barichivich
Unidade de Saúde de Consolação

Desde o início de 2014, a gestão da saúde pública de Vitória utiliza o Sistema próprio de Gestão Informatizado denominado Rede Bem Estar (SGI-RBE), que interliga toda a rede municipal de saúde gerando informação em tempo real e com a utilização de assinatura digital para garantir a validade jurídica.

O objetivo é garantir informação com segurança e rapidez em qualquer equipamento da rede municipal de saúde. Com esse Sistema os registros eletrônicos em saúde são assinados, digitalmente, entendido como o repositório de informações de saúde dos indivíduos e dos atendimentos realizados, na forma processável eletronicamente, devidamente certificados e autenticados por meio de assinatura digital, tal procedimento garante a segurança das informações dos pacientes no sistema.

Por meio da Rede Bem Estar, os profissionais de saúde utilizam o Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) onde todas as informações clínicas e administrativas do paciente ficam armazenadas no contexto dos serviços de saúde, tendo como principal objetivo informatizar o fluxo de atendimento do munícipe realizado pelos profissionais de saúde. O PEP é uma solução desenvolvida e disponibilizada pela Prefeitura de Vitória por meio da SUBTI e Secretaria Municipal de Saúde. A utilização dessas tecnologias de informação e comunicação em saúde são capazes de otimizar o fluxo de atendimento, além de apoiar o processo de coordenação do cuidado do cidadão realizado pelas equipes de saúde.

Vantagens da informatização da rede de saúde

A informatização dos serviços de saúde municipal traz benefícios importantes como: acesso rápido às informações de saúde e intervenções realizadas; melhoria na efetividade do cuidado e redução de custos com otimização dos recursos, além de aprimorar e automatizar as informações de saúde. Além disso, amplia a segurança, disponibiliza informações em tempo real para os profissionais de saúde, incluindo, registros clínicos, exames laboratoriais, exames de imagens, registros de visitas domiciliares, dentre outros. O acesso rápido do histórico do paciente agiliza e qualifica as intervenções necessárias no momento do atendimento. Ou seja, a implantação do prontuário eletrônico trouxe benefícios para gestores, profissionais de saúde e cidadãos.

Além disso, o sistema Rede Bem Estar também permite a comunicação interna entre todos os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde gerando relatórios de dados para várias finalidades. Seu uso evita uma série de problemas, entre eles, anotações ilegíveis, perda e extravio de documentos, rasuras e controle de acesso as informações.

A redução de custos e a otimização de recursos também são benefícios da implantação da Rede Bem Estar. Prontuários de papel não são mais necessários e, com a utilização da agenda eletrônica, é possível, já na recepção dos serviços, obter a informação se o paciente já possui uma consulta agendada seja na própria unidade ou em qualquer outra unidade do município, além de ter acesso ao histórico das últimas consultas do paciente. Por meio desse sistema o cidadão pode realizar o agendamento online de serviços de saúde, além de confirmar ou cancelar sua consulta colaborando com a ampliação da oferta de consultas.

A implantação do Sistema Rede Bem Estar (RBE) foi instituída através da Lei Municipal nº 8.601/2013 e seu funcionamento e desenvolvimento é realizado pela Subsecretaria de Tecnologia de Informação e Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura.

Última atualização em 16/04/2024, às 16h53

Rede municipal realiza exames de câncer de mama e colo de útero

Elizabeth Nader
Exames Especializados no Hospital Santa Rita de Cássia

As mulheres que procuram as Unidades Básicas de Saúde na rede municipal encontram diversos serviços voltados à prevenção do câncer de colo do útero e de mama.

Os exames de rotina para rastreamento do câncer de colo do útero como o preventivo (Papanicolau) podem ser realizados periodicamente, conforme protocolos estabelecidos. Caso seja identificada alguma alteração nesse exame, a paciente poderá fazer na rede municipal de saúde o exame complementar de Colposcopia e Cirurgia de Alta Frequencia (CAF), procedimentos especializados do colo de útero.

As moradoras de Vitória também podem realizar a detecção do câncer de mama ao se consultarem e terem as mamas examinadas por médicos ou enfermeiros nas Unidades Básicas de Saúde. Para rastreamento e diagnóstico, o município oferta ainda, os exames de mamografia e de ultrassonografia de mama que é complementar (caso indicado), e são importantes para detecção do câncer de mama na sua fase inicial.

Além disso, as equipes de saúde promovem ações de educação que, entre outras informações, orientam como fazer o autoexame e a identificar qualquer alteração nas mamas.

A Secretaria de Saúde de Vitória (SEMUS) possui implantado o Sistema Nacional de Câncer (SISCAN), cuja finalidade é registrar a solicitação de exames citopatológico de colo do útero e mama, histopatológico de colo do útero e mama, mamografia, resultados de todos os exames solicitados, seguimento dos exames alterados e gerar dados que subsidiam o monitoramento e a avaliação.

Última atualização em 08/05/2019, às 14h52

Central de Transporte Sanitário

Carlos Antolini
Entrega de Ambulância - 2010

A Central de Transporte Sanitário (CTS) é um serviço da Semus que tem como característica principal a remoção em caráter eletivo dos munícipes de Vitória que sejam usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) e que estejam em tratamento em instituições vinculadas ao SUS, buscando atender aqueles munícipes portadores de necessidades especiais, incluindo a remoção daqueles sem mobilidade ou com mobilidade reduzida.

O pedido é feito pelas Unidades Básicas de Saúde e regulado pela CTS de acordo com Protocolo de Atendimento. Os atendimentos são realizados considerando a acessibilidade, os fluxos assistenciais e os princípios de equidade e integralidade do SUS.

Como fazer para ter acesso ao serviço

O munícipe faz o pedido na UBS e aguarda a avaliação, que é realizada de acordo com o Protocolo de Atendimento e a capacidade instalada da Central. A remoção é feita por meio de uma frota diversificada de veículos, buscando atender aqueles munícipes portadores de necessidades especiais, incluindo a remoção daqueles sem mobilidade ou com mobilidade reduzida: cadeirante, acamado, sentado, imobilizado e acamado em maca de lona. O transporte realizado pela CTS é exclusivamente para tratamentos de saúde e não envolve caráter social.

Posso solicitar o transporte sanitário em casos de emergência?

A CTS somente realiza remoção em caráter eletivo, ou seja, atendimentos para tratamentos de saúde programados, como hemodiálise, quimioterapia, fisioterapia, hiperbárica e procedimentos ambulatoriais especializados. Também atende casos considerados de urgência de baixa gravidade, mas somente originadas pelas Unidades Básicas de Saúde. Nos casos de atendimentos de emergência/urgência em domicílios ou nas ruas, o usuário deverá acionar o SAMU 192.

Funcionamento

O CTS funciona de segunda a sábado, das 5 às 22 horas (inclusive nos feriados), e aos domingos, das 5 às 19 horas.

Mais informações pelos telefones (27) 3132-5050 e (27) 3132-2120.

Última atualização em 16/04/2024, às 18h01

No SOE, população tem orientação gratuita para exercícios físicos

André Sobral
Pessoas se exercitando no módulo do SOE na Praia de Camburi
Wilbert Suave
Placa indicativa de Área de Internet Livre

O Serviço de Orientação ao Exercício (SOE) é um programa da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), implantado em 1990, considerado modelo pela Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte e reconhecido pelo Ministério da Saúde como iniciativa pioneira e fonte de inspiração para a criação do Programa Academia da Saúde em 2011.

O SOE tem como objetivo contribuir para a promoção da saúde, prevenção e atenção das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT's), através de ações de cuidado em saúde que promovam o aumento do nível de atividade física, a produção de modos de vida saudáveis e a melhoria da qualidade de vida da população.

Existem diversos módulos do SOE, localizados na orla, nas praças, nos parques e em outros espaços públicos da cidade, que funcionam nos turnos matutino (das 6 às 10 horas) e noturno (das 17 às 21 horas), contando com profissionais de Educação Física que atuam com ofertas de práticas corporais/atividade física coletiva, avaliação física, orientação ao exercício, práticas integrativas complementares, entre outras ações de educação e cuidado em saúde desenvolvidas de forma integrada com as equipes das Unidades Básicas de Saúde de referência, sendo orientandas pelo perfil epidemiológico e necessidades sanitárias de cada território.

Locais onde existem módulos do SOE

Nome Logradouro Funcionamento Telefone
Módulo Soe - Baia Noroeste Rua da Coragem, Santo André SEG-SEX, Matutino (6 às 10h) e Noturno (17 às 21h) -
Módulo Soe - Bairro de Lourdes Rua Professora Zilda Andrade, 20 , De Lourdes SEG-SEX, Matutino (6 às 10h) e Noturno (17 às 21h) 3132-5070
Módulo Soe - Barreiros Rodovia Serafim Derenzi, 10505 , Santa Martha SEG-SEX, Matutino (6 às 10h) e Noturno (17 às 21h) -
Módulo Soe - Beira Mar Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, Forte São João SEG-SEX, Matutino (6 às 10h) e Noturno (17 às 21h) -
Módulo Soe - Goiabeiras Avenida Professor Fernando Duarte Rabelo, 577 , Maria Ortiz SEG-SEX, Matutino (6 às 10h) e Noturno (17 às 21h) -
Módulo Soe - Horto de Maruípe Avenida Maruípe, 1750 , Da Penha SEG-SEX, Matutino (6 às 10h) e Noturno (17 às 21h) -
Módulo Soe - Ilha de Monte Belo Rua João Vieira, 60 , Monte Belo SEG-SEX, Matutino (6 às 10h) -
Módulo Soe - Jardim Camburi Avenida Dante Michelini, 4470 , Jardim Camburi SEG-SEX, Matutino (6 às 10h) e Noturno (17 às 21h) -
Módulo Soe - Parque Chácara Paraíso Rua Guilherme Ayres, S/N , Barro Vermelho SEG-SEX, Matutino (6 às 10h) e Noturno (17 às 21h) -
Módulo Soe - Parque Moscoso Avenida Cleto Nunes, 242 , Parque Moscoso SEG-SEX, Matutino (6 às 10h) e Noturno (17 às 21h) -
Módulo Soe - Pedra da Cebola Rua João Baptista Celestino, 11 , Mata da Praia SEG-SEX, Matutino (6 às 10h) e Noturno (17 às 21h) -
Módulo Soe - Praça dos Desejos Avenida Américo Buaiz, 600 , Enseada do Suá SEG-SEX, Matutino (6 às 10h) e Noturno (16 às 20h) -
Módulo Soe - Praia de Camburi Avenida Dante Michelini, Jardim da Penha SEG-SEX, Matutino (6 às 10h) e Noturno (17 às 21h) -
Módulo Soe - Prainha de Sto Antônio Avenida Dário Lourenço de Souza, 790 , Mário Cypreste SEG-SEX, Matutino (6 às 10h) e Noturno (17 às 21h) -
Módulo Soe - São Pedro Praça Dom João Batista, S/N , São Pedro SEG-SEX, Matutino (6 às 10h) e Noturno (17 às 21h) -
15 ocorrência(s)

Fonte: Secretaria de Saúde

Conheça as atividades oferecidas em cada um dos módulos do SOE.

Última atualização em 12/04/2024, às 18h13

Política Nacional de Atenção Integral a Saúde da Mulher

Samira Gasparini
Parto Humanizado

Implantada em 2004, A Política Nacional de Atenção Integral a Saúde da Mulher (PNAISM) é norteadora das ações de atenção à saúde da mulher, com base na humanização e na qualidade da atenção em saúde que são condições essenciais para que as ações de saúde se traduzam na resolução dos problemas identificados, na satisfação das usuárias, no fortalecimento da capacidade das mulheres frente à identificação de suas demandas, no reconhecimento e reivindicação de seus direitos e na promoção do autocuidado.

O Ministério da Saúde, através da PNAISM com suas Diretrizes e Objetivos (gerais e específicos), espera contribuir para que as mulheres brasileiras avancem nas suas conquistas, na perspectiva da saúde como direito de cidadania.

Integram um dos Objetivos Específicos da política a "Promoção da atenção obstétrica e neonatal, qualificada e humani­zada, incluindo a assistência ao abortamento em condições insegu­ras, para mulheres e adolescentes", dos quais no município destacamos as seguintes ações:

Assistência ao pré-natal, parto e puerpério no município

  • Adesão do município a estratégia da Rede Cegonha (Novembro/2011).
  • Cadastramento das gestantes no sistema SISPRENATAL WEB (2013).
  • Implantação e uso nas UBS da nova caderneta da gestante/MS (2016).
  • Captação precoce das gestantes ofertando consultas médica/enfermagem (mínimo de 06 consultas de pré-natal).
  • Oferta de exames, medicamentos e vacinação padronizados pelo Ministério da Saúde (MS), incluindo, no 1º, 2º e 3º trimestre da gestação, e conforme Protocolo do MS (Caderno nº. 32 da Atenção Básica).
  • Prevenção de anemias ferroprivas com oferta de medicamentos, em conformidade com o Programa Nacional de Suplementação de Ferro.
  • Oferta de exame de eletroforese de hemoglobina para diagnóstico da Anemia Falciforme.
  • Oferta de testes rápidos de gravidez, sífilis e HIV, nas UBS.
  • Oferta de ambulatório de gestação de alto-risco (CME Aprígio).
  • Oferta de exame de USG obstétrica para gestação de risco habitual e USG com Doppler para gestação de Alto-risco.
  • Assistência ao parto de risco habitual, de alto risco e a situação de abortamento, realizados através de maternidades de referência, em conformidade com o estabelecido na modelagem da Rede Cegonha – Região Metropolitana (SESA).
  • Consulta puerperal (medico/enfermeiro) até o 42º dia pós-parto.
  • Incentivo ao aleitamento materno até aos 02 anos de idade da criança.

Última atualização em 08/05/2019, às 15h06

Centro de Referência em Infecções Sexualmente Transmissíveis

Para receber assistência relacionada a qualquer Infecção Sexualmente Transmissível (lST), o primeiro passo do munícipe deve ser procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) do seu bairro. Isso deve ocorrer sempre que:

  • Desejar fazer testes para o HIV, a sífilis, a hepatite B ou hepatite C;
  • Perceber algum sinal ou sintoma de uma lST;
  • Acreditar que se expôs a alguma situação de risco de contaminação (ex.: relação sexual sem preservativo ou compartilhamento de seringa);
  • Desejar preservativos - masculinos / femininos;
  • Precisar de orientação de aconselhamento sexual.

A Unidade Básica de Saúde - UBS está apta a oferecer exames e o tratamento devido para as Infecções Sexualmente Transmissíveis - ISTs, podendo, inclusive, realizar testes rápidos (resultados em média de 20 minutos) para diagnóstico da sífilis, do HIV (que é o vírus da AIDS) e das hepatites B e C, com a orientação necessária para a prevenção.

As pessoas com resultado positivo para o HIV deverão confirmar o diagnóstico e são encaminhadas pelas Unidades Básicas de Saúde (UBS) para o Centro de Referencia em Infecções Sexualmente Transmissíveis --Parque Moscoso, onde também irão receber o tratamento. O atendimento no Centro de Referência é realizado por equipe interdisciplinar (assistente social, cirurgião dentista, enfermeiro, farmacêutico, médico, psicólogo, auxiliar e técnico de enfermagem, laboratório e farmácia).

De posse do encaminhamento da US, o munícipe de Vitória deve agendar sua consulta diretamente no Centro de Referência, podendo informar-se previamente pelo telefone da recepção: (27) 3132-5108.

Serviços ofertados pelo Centro de Referência Parque Moscoso para pessoas com idade acima de 14 anos

  • Exames de diagnóstico para HIV, hepatite (B e C) e sífilis, com testes laboratoriais e/ou testes rápidos (também disponíveis nas unidades de saúde);
  • Orientação em consulta pré e pós testes;
  • Assistência às pessoas vivendo HIV, aids e hepatites virais (consultas, medicamentos e exames específicos);
  • Assistência às IST de maior complexidade, quando encaminhadas pelas Unidades da Rede Básica;
  • Atendimento a profissionais vítimas de acidente com material biológico (pérfuro-cortante);
  • Profilaxia Pós Exposição Sexual (PEP Sexual) - atendimento de pessoas para a prevenção da infecção após a ocorrência de situação de risco;
  • Acolhimento e encaminhamento das vítimas de violência sexual - entretanto a referência primeira é o SASVI;
    promoção interna de campanhas de prevenção;
  • Apoio às Unidades Básicas de saúde nas questões relacionadas à prevenção e a assistência às ISTs.
    apoio às Organizações da Sociedade Civil (OSC) e empresas públicas locais relacionado à realização de ações de prevenção;
  • Disponibilização de medicamentos;
  • Oferta de preservativos e outros insumos, conforme critérios do serviço;
  • PREP - Profilaxia Pré Exposição;
    Menores de 14 anos com problemas de saúde relacionados ao HIV/AIDS e outras ISTs, são atendidos pelo Serviço de Referência estadual que funciona no Hospital infantil Nossa Senhora da Glória (HINSG).

Onde fica

Rua Cais de São Francisco, 54, Centro, Parque Moscoso (Primeiro andar sobre a Unidade de Saúde Vitória) - Ver no mapa

Telefones:
(27) 3132-5108 - recepção
(27) 3132-5106 e (27) 3132-5107 - administração

Horários de funcionamento

  • Geral
    De segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas.
  • Profilaxia Pós Exposição Sexual (PEP) e de Acidentes de Materiais Biológicos
    De segunda a sexta-feira, das 7 às 15 horas.
  • Fármácia
    De segunda a sexta-feira das 7 às 16 horas.
    Após esse horário e em fins de semana, os munícipes devem procurar um Pronto Atendimento (PA)

Observação

Ao procurar qualquer estabelecimento de saúde, o munícipe deve estar de posse de documento de identificação com foto e também preferencialmente, com o cartão do SUS.

Última atualização em 30/03/2023, às 15h04

Práticas integrativas e complementares - PICs

As Práticas integrativas e Complementares (PICs) propõem o reposicionamento da pessoa como centro do paradigma médico buscando meios menos caros e tecnologias leves com igual ou maior eficácia nas situações comuns de adoecimento, estimulando a construção de uma medicina que fortalece a autonomia do paciente e o auto-cuidado, que tenha como foco a promoção da saúde.
A inclusão da PICs nas ações de estratégias de atenção em Saúde da Família, Promoção da Saúde e Humanização, está de acordo com os princípios de universalidade, integralidade e equidade que estruturam o Sistema Único de Saúde (SUS).

As PICs no SUS de Vitória

  • Fitoterapia: Tratamentos através dos extratos vegetais de plantas medicinais são oferecidos através da prescrição de fitoterápicos para tratamentos de diversas doenças, dentre eles: Hypericum perforatum ( hipérico); Harpagophytum procumbens (garra do diabo); Maytenus ilicifolia ( Espinheira santa); Mikania glomerata (guaco); Cynara scolymus ( Alcachofra).
  • Jardins terapêuticos: Profissionais capacitados implantam Jardins com plantas medicinais e alimentícias reconhecidas pela população e cuidados com o apoio da comunidade atendida e projetos de acolhimento com Oferta de chás e conversas sobre uso de chás medicinais para prevenção de doenças e promoção da saúde. Esses projetos já são desenvolvidos nas Unidades Básicas de Saúde Andorinhas; São Cristóvão; Ilha do Príncipe; Ilha de Santa Maria; Forte São João; Jesus de Nazareth; Itararé; Jardim da Penha e nos Centros de Atenção Psicossocial (Caps) AD e de São Pedro.
  • Acupuntura e Homeopatia: São oferecidas consultas de homeopatia e acupuntura, além do fornecimento dos medicamentos homeopáticos gratuitamente. Consultas são realizadas por médicos especialistas no Centro Municipal de Especialidades de Vitória (CMEV). Para ser atendido, o paciente precisa ser encaminhado pela equipe de saúde do serviço.
  • Ioga: Apresenta fundamentos filosóficos, como a não violência, o controle dos impulsos, a retidão, o autoconhecimento e contentamento. Melhora a flexibilidade e consequentemente a dor articular, a concentração e os vícios posturais. Promove o equilíbrio mente e corpo, possibilitando ao praticante se beneficiar do estado de calma e bem-estar. Auxilia na redução do estresse, dores na coluna, insônia, ansiedade e promove o autoconhecimento. As aulas são oferecidas nestes locais:
    • SOE Camburi 1 - 3ª e 5ª feira às 7h; (ver no mapa)
    • SOE Chácara Paraíso- 6ª feira às 7h e às 8h; (ver no mapa)
    • SOE Horto de Maruípe- 2ª, 4ª e 6ª feira às 18h30; (ver no mapa)
    • UBS Jabour - 3ª e 5ª feira às 9h. (ver no mapa)
  • REIKI: Locais onde encontrar atendimento: 
    • CAPS AD;
    • UBS Praia do Suá.
  • Auriculoterapia: é um microssistema de tratamento que se resume em aplicar pontos específicos nas áreas do pavilhão auricular (orelha) com o intuito de proporcionar o equilíbrio, harmonizar a energia do corpo e promover a cura de diversas patologias. É um tratamento eficiente dentro das práticas de tratamento da medicina tradicional chinesa para tratar várias condições clínicas tais como ansiedade, tabagismo, insônia, alergias, dores articulares e musculares, enxaqueca, etc. O serviço é oferecido nestes locais:
    • UBS Jardim Camburi; • UBS Praia do Suá; • UBS Forte São João;
    • UBS Fonte Grande;
    • UBS Maria Ortiz;
    • UBS Jardim da Penha;
    • Caps AD.
  • Meditação: Locais onde é oferecida prática de meditação:
    • CAPS AD;
    • UBS Jesus de Nazareth;
    • UBSSanta Luiza.
  • Musicoterapia: É a utilização da música e/ou seus elementos (som, ritmo, melodia e harmonia) por um musicoterapeuta qualificado, com um paciente ou grupo, num processo para facilitar, e promover a comunicação, relação, aprendizagem, mobilização, expressão, organização e outros objetivos terapêuticos relevantes, no sentido de alcançar necessidades físicas, emocionais, mentais, sociais e cognitivas.
    • O serviço é realizado nos Centros de Atenção Psicossocial do município.
  • Arteterapia:
    • O serviço é realizado nos Centros de Atenção Psicossocial do município. Utiliza a expressão simbólica, de forma espontânea, sem se preocupar com a estética, por meio de modalidades expressivas como: pintura; modelagem; colagem; desenho; tecelagem; expressão corporal; sons; músicas e criação de personagens.

Última atualização em 18/04/2023, às 17h58

Vacinação de adulto

A vacinação é uma das medidas mais importantes de prevenção contra várias doenças. A pessoa ao se vacinar corre menos risco de adoece, de evoluir para quadros graves, que podem levar a internação e até mesmo ao óbito.

Existem várias vacinas disponíveis para os adultos e manter todas em dia é fundamental para o controle de doenças. A pessoa quando se vacina não só protege sua saúde, mas também da coletividade, uma vez que possibilita a interrupção da cadeia de transmissão da doença, evitando surtos e epidemias.

O município de Vitória conta com uma rede de salas de vacinas em todas as regiões de saúde, oferecendo gratuitamente as vacinas recomendadas pelo PNI.

Para isso, basta comparecer a unidade de saúde mais próxima com documentos de identificação (CPF e/ou Cartão Nacional de Saúde) e caderneta de vacinação.

Última atualização em 15/04/2024, às 19h27


Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 - Protocolo Geral
(Atendimento ao público de 08 às 17 horas)