Prefeitura de Vitória

Voltar
MenuMenu

Publicada em 10/06/2021, às 14h10

Por Deyvison Longui (dlbatista@vitoria.es.gov.br)

Com edição de Matheus Thebaldi

Projeto 'Maria da Penha vai à Feira' faz alerta contra violência doméstica


Elizabeth Nader

Projeto 'Maria da Penha vai à Feira'' na Feira Livre de Jardim da Penha

Ação leva conscientização para incentivar as pessoas a denunciar casos de violência doméstica

É preciso dar um basta na violência doméstica! Ninguém aguenta mais ouvir ou conhecer casos de mulheres agredidas por seus companheiros. Por isso, o projeto "Maria da Penha vai à Feira" tem um papel fundamental nesse trabalho de prevenção e orientação. 

A ação, desenvolvida pela Secretaria Municipal de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho (Semcid), será retomada neste sábado (12), na feira livre do Centro. A conscientização também vai acontecer nos sábados seguintes deste mês, nas feiras de Maria Ortiz (dia 19) e Gurigica (dia 29), sempre das 7 às 12 horas.

As mulheres são orientadas por uma equipe de servidores da Semcid sobre a rede de enfrentamento à violência doméstica na capital. A iniciativa também conta com a parceria da Guarda Civil Municipal, por meio do projeto Guarda Cidadã.

"A abordagem é feita por meio de um diálogo no qual a rede de atendimento é apresentada. Também serão dadas informações quanto às diversas formas de violência contra as mulheres. Precisamos chamar a atenção para a necessidade de mudança da atual realidade", apontou a titular da Semcid, Neuzinha de Oliveira.

"O objetivo é conscientizar as mulheres da necessidade de buscar ajuda sobre essa questão, que tem preocupado toda a sociedade e órgãos públicos. A população precisa conhecer que há políticas de proteção e meios para efetivar as denúncias, como o Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência (Cramsv) e os telefones 180 (para denúncias anônimas das situações já ocorridas) e 190 (quando a violência estiver acontecendo)", ressaltou a coordenadora de Políticas de Promoção e Defesa da Mulher, Adelina Diniz.

Cramsv

A Prefeitura de Vitória possui o Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência (Cramsv), equipamento da Semcid, que presta atendimento nos casos de violência doméstica, familiar e intrafamiliar em razão do gênero.

O serviço visa ao fortalecimento dos mecanismos psicológicos e sociais para que a mulher possa enfrentar e superar o quadro violento e receber informações para a garantia de seus direitos.

Serviço
Cramsv - Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência
Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas
Telefones: 3382-5464 / 3382-5465 e 99520-1927
Local: Casa do Cidadão, avenida Maruípe, 2544, Itararé.

  • Igualdade de gênero
  • Redução das desigualdades

Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço online.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6239

Versão clássica