Prefeitura de Vitória

Voltar
MenuMenu

Publicada em 11/06/2019, às 18h25 | Atualizada em 11/06/2019, às 19h48

Por Melissa Künsch (mwkunsch@vitoria.es.gov.br)

Com edição de Matheus Thebaldi

Roubo de fios é discutido em reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal


Flávio Almeida

cerco inteligente,crimes contra o patrimônio

Secretário Fronzio Calheira conduzi reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal e destacou atuação conjunta para evitar roubo de fios

Em reunião mensal no Palácio Municipal, os integrantes do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) discutiram a incidência de roubo de fios na capital nos últimos dias, que causam prejuízo aos cofres públicos e transtornos para a população.

"A questão do roubo de fios afeta a vida da cidade como um todo, além de causar prejuízos aos cofres públicos. Um cabo retirado de um semáforo, por exemplo, leva transtornos ao cidadão, pois o equipamento para de funcionar e, quando ele é religado, fica desconfigurado e sem sincronização", disse o secretário de Segurança Urbana, Fronzio Calheira.

Prejuízo e transtornos

A secretária de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana, Ana Elisa Nahas Amorim Pimentel, disse que o gasto mensal da Prefeitura de Vitória com a reposição dos fios já atingiu a marca de R$ 80 mil.

"O roubo de fios é uma situação que está se tornando rotineira em Vitória, apesar dos esforços da Guarda Municipal e da Polícia Militar para coibir esse tipo de crime, que afeta a iluminação pública e a sinalização semafórica, causando gastos extras ao município para a reposição dos cabos, deslocamento de equipes e transtornos para o município", disse Ana Elisa.

União de forças

Fronzio Calheira disse que tem sido fundamental a ação conjunta de secretarias municipais e o apoio das forças de segurança, como Polícia Militar e Polícia Civil, para evitar o roubo de fios. "É importante que essas instituições continuem se apoiando para evitar esse tipo de crime".

"Esse é um problema que tem de ser encarado de forma multissetorial, que vai além apenas da investigação do crime em sim. São muitas demandas sociais que levam as pessoas a cometer esse tipo de delito. Temos de ser pragmáticos e ajudar a reforçar o patrulhamento e as ações em parceria com a Guarda Municipal", enfatizou o comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Geovanio Silva Ribeiro.

O promotor Paulo Panaro reforçou que a receptação dos materiais roubados também deve ser investigada.
"O roubo de fios vai continuar acontecendo mesmo com a prisão dos culpados por um caso ou outro. O combate tem de ir além de apenas prender os culpados e também identificar os locais de receptação desse tipo de material", disse.

Calheira, na sequência, enfatizou que as guarnições da Guarda Municipal nas ruas vão verificar possíveis pontos de receptação nos bairros da capital para prestar um serviço de inteligência às forças de segurança.

Crimes contra o patrimônio

Também esteve em pauta durante a reunião do GGIM os indicadores de segurança em Vitória. Como tem acontecido nos últimos meses, a capital registrou nova queda de ocorrências de crimes contra o patrimônio. Em 2018, o período de janeiro a maio teve registro de 2269 ocorrências de crimes contra o patrimônio. O mesmo período neste ano registrou 1985, uma 12,5% em relação ao ano passado. Roubos e furtos de veículos tiveram queda de 46% em relação ao mesmo período do ano passado.

Sobre o GGIM

O Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) reúne autoridades e representantes da Prefeitura, do Governo do Estado, do Ministério Público e do Judiciário para discutir ações visando à segurança e à ordem pública na capital. As reuniões acontecem uma vez por mês para planejar ações, discutir problemas e soluções para eventos que envolvam a cidade e situações de segurança.

Participaram do evento, liderado pelo secretário de Segurança Urbana Frônzio Calheira, a secretária de Trânsito, Ana Elisa Nahas Amorim Pimentel, o secretário de Cidadania, Bruno Toledo, a secretária de Ação Social, Iohana Kroeling, e o de Desenvolvimento da Cidade, Márcio Passos, além de representades da Companhia de Desenvolvimento, Inovação e Turismo de Vitória e Secretaria de Saúde.

Além dos representantes da Prefeitura Municipal de Vitória, também participaram representantes da Polícia Militar, da Secretaria de Estado da Segurança Pública, da Polícia Civil e do Ministério Público.


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço online.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000

Versão clássica